Uma pessoa que aprendeu a gostar de si mesma. || Entrevista a Catarina de Sousa (Cubanna) #1

13:09

Olá a todas(os) como prometido, aqui estou eu, trago-vos o primeiro episódio desta maravilhosa série de entrevistas que tem como nome "Não é apenas conversa é PARTILHA !!" e não poderia começar melhor do que com uma das bloggers que mais admiro ela é Catarina de Sousa do Blog "Cubanna" tem 18-anos é do Porto e está no primeiro ano do curso de Ciências de Comunicação e escreve no Cubanna à dois anos que já foi "Fat but Gorgeous".















Mia: Olá Catarina, sê bem-vinda aqui ao blog, fico muito contente por me estares a proporcionar este momento, de te puder entrevistar, já era algo que queria fazer à algum tempo. 

Catarina: Olá Mia. Que querida! Eu também fico contente por me dares o prazer das tuas leitoras me conhecerem melhor.
Mia: Ainda bem, porque num dos posts que já escrevi aqui, a dar a conhecer esta série de entrevistas. Queriam muito ler. Acho que é um bom sinal. *risos* Preparada para algumas perguntas? Eu prometo não "tentar" ser muito chata. 

Catarina : Preparada para tudo.*risos*

Mia:
Tenho seguido o teu blog e canal de youtube já à algum tempo e à um certo tema que salta logo à primeira vista e pelo qual, tenho que admitir, que sou bastante suspeita. Tu falas abertamente sobre o peso,em auto-estima, em confiança. E eu fixei um dos teus vídeos, foi o que me despertou mais interesse, que é "Não quero ser magra,quero ser saudável". A minha pergunta é o que é que tu achas dos padrões que estão a ser "implantados" na nossa sociedade, e também em termos do nosso corpo e também da maneira como isso nos afecta psicologicamente. 


Catarina: Acho que as pessoas tendem a seguir padrões de beleza "não reais". Por exemplo, não digo que uma modelo tenha de ser gorda, mas porquê extremamente magra se mais de metade da sociedade não é assim? Os padrões deveriam ser generalizados, não fixados num nr.32. Acaba por afectar-nos porque as pessoas começam a olhar para nós como "fora da caixa", as marcas não criam numerações de roupa decentes etc e isso influencia sempre na nossa auto-estima.

Mia:
O que queres dizer com "fora da caixa"? Uma pessoa que não é pessoa para as outras porque veste números fora dos que já estão estabelecidos? 
Catarina: Começamos a ser comentadas e vistas de forma diferente por termos um tamanho maior.

Mia:
Já te foi mais difícil? Aceitar este tipo de comentários sobre o teu tamanho? Apesar de também achar que há-de ser sempre um bocadinho difícil apagar tudo aquilo que nos foi dito, ainda mais quando somos mais novos e nos dizem "És gorda!!" e isso quase que é uma facada,calculo. 


Catarina: Sim,nunca ficamos totalmente sem ligar a certos comentários desse género. Claro que à medida que nos vamos aceitando vamos começando a ver as coisas de outra forma,não nos afecta tão directamente. Mas, claro que num dia menos bom, qualquer coisa do tipo pode deixar-nos mais em baixo. Mas penso que é assim em tudo na vida.

Mia:
Nunca te aconteceu quereres fazer uma dieta "maluca" só para ... quase que para dizer aos outros "Olha vez ... eu também consigo ser bonita." quando eras mais novinha ou mesmo à pouco tempo? 

Catarina: Nooooo!! Sendo-te muito sincera, não. Todas as vezes que fiz dieta foi por mim. Porque queria caber em X roupa etc,nunca, já mais por outra pessoa.

Mia:
Eu acho que muitas pessoas, se não te perguntassem se calhar poderiam perceber mal, e é por isso que te vou perguntar, tu querias fazer dieta por ti para caberes em X de roupa ou seja, para te sentires melhor e mais confiante, ou para mesmo ... mesmo sem te aperceberes às vezes quereres caber em X de roupa só porque aquela amiga veste e está na moda ... espero que interpretes isto bem, quero muito que as pessoas que estejam a ler, percebam mais afundo.

Catarina: Não boneca, querer caber em X roupa é querer mesmo caber numas calças de ganga quaisquer e entrar nelas. Que elas passem nas coxas e no rabo e não fiquem largas na cintura, ou que passem simplesmente das coxas para cima. E mesmo que fosse para caber na roupa que está na moda, continuaria a ser por mim? Certo? Porque é uma peça que queria muito usar e não posso, por não fabricarem para o meu tamanho, não para mostrar a ninguém. As pessoas/marcas esquecem-se que nós gordas(os) também temos de nos vestir. E que queremos vestir o que queremos e gostamos.

Mia:
Por o que estou a ver,neste momento,aceitas-te como és, sentes que estás resolvida com algum assunto em relação a este tema dentro de ti? Sentes que aos poucos,as poucas feridas que possam ainda existir estão a sarar?

Catarina: Na realidade não existem muitas feridas. Infância,adolescência, nunca sofri de qualquer tipo de bate-bocas à cerca do meu peso por parte dos meus amigos/conhecidos, sempre fui uma pessoa sociável etc. Os problemas que tinha eram eu que os colocava por seguir a linha de pensamento retrógrada da sociedade. A partir do momento em que me libertei desses pensamentos. comecei a aceitar-me e a viver bem com o meu corpo.
Mia:
Muito bem. Agora tenho um pequeno desafio para ti, "Qual era o teu pensamento em relação a este tema" nesta foto ... Já existia aqui algum pensamento? ou começou depois disso? como tu disseste, seguis-te o pensamento retrógrado da sociedade. Quem é esta Catarina, esta menina?




                                                 (A Catarina e a irmã respectivamente)

Catarina: Não tinha pensamento algum. Uma criança feliz, de férias, a brincar como todas as outras, sem tempo para pensar neste assunto! *sorriso*
Mia:
E esta menina ... até aqui houve um crescimento ... qual o pensamento?






Catarina: Uma pessoa que aprendeu a gostar de si mesma, seja de que tamanho for e que tem muita vontade de transmitir o mesmo a todas aquelas que ainda não se aceitam como são realmente. E feliz, claroo!! *sorriso*
Mia:
Fico muito contente por ti, a sério que sim. E espero que outras tantas raparigas tirem uma lição desta partilha. Mas ... quando e onde na tua vida é que surge o blog?
Catarina: O blog surge numa altura em que estava nesta transição de ideias,pensamentos,à mais ou menos dois anos, sobre mim mesma. Ao ver que em Portugal não haviam muitos blogs deste género e que as nossas gordinhas também merecem atenção. Quis começar a partilhar tudo com as outras pessoas!!!

Mia:
Na altura, criaste o blog, mas já tinhas a noção que poderiam aparecer comentários maliciosos de pessoas que querem e podem odiar porque estão atrás de uma tela de computador? 

Catarina: Sim,claro ... temos de ter sempre a noção que há pessoas que vão desvalorizar e tentar deitar abaixo o nosso trabalho. Penso que acontece com toda a gente, independentemente da área de profissão. 
Mia:
O curso que estás a tirar, sim porque estás no primeiro ano de faculdade, foi escolhido porque o blog e o canal de youtube te deu interesse na comunicação? ou foi por outra razão totalmente diferente? 

Catarina: Não. Desde sempre que gostei muito de comunicação. O meu pai é da área. Estive em multimédia durante três anos no secundário. Visto que o curso também iria ter e era relacionado com comunicação, foi a junção de áreas que aprecio bastante. Mas, claro que me ajuda bastante com o blog e canal.
Mia:
Como é que geres o teu tempo, agora que estás na faculdade, já não é o secundário ... tens o canal, o blog, o grupo "Girly Bloggers PT", a tua vida pessoal. Como é que geres isto tudo? *risos*
Catarina:É super complicadooooo!!! É imensa coisa *gargalhadas* Fica sempre algo por fazer. Mas quando gostamos de tudo o que fazemos acabamos por conseguir ir conciliando tudo.

Mia:
Conta-nos sobre o que é falas em geral no teu blog.


Catarina:O blog incide muito em moda e temas plus size mas escrevo temas diversos. Depende daquilo que me apetecer.*gargalhadas*
Mia:
Pelo que me apercebi, foste tu própria, que fizeste todo o layout do blog? Pelo menos quando ainda era o Fat But Gorgeous? Deu-te gosto seres tu própria a criares o teu cantinho?

Catarina:Sim,tenho feito sempre, menos nestes dois templates. Claro,fica sempre mais ao meu gosto e mudo o que quero sempre que me apetece. Sem depender dos outros.

Mia:
Ganhaste amizades para a vida com o blog e youtube?

Catarina:Sim!! Sem dúvida!!

Mia:
O que é que te desapontou neste mundo do "youtube" e "blog" de que já tinhas uma ideia pré-concebida?

Catarina:Para já nada.

Mia:
Quais os blogs que mais te inspiram e claro, quais são os que mais segues?


Catarina:Ultimamente não tenho seguido muitos blogs. Mas acompanho muito a Ashley Graham, a Jessica Torres, a Tais Walber e muitas meninas que vou vendo no Girly *grupo de que é administradora*
Mia:
Por último, peço-te, para deixares uma mensagem para todos aqueles que estejam a ler esta entrevista.

Catarina:Quero só dizer que temos de nos esforçar para gostar mais de nós mesmos. Sejamos gordos,magros,altos,baixos. Irá sempre haver alguém que irá criticar a nossa maneira de ser e estar mas aceitar-nos como somos é um grande passo para vivermos sem problemas!!

Mia:Obrigada Catarina,espero que tenhas gostado,foi a minha primeira entrevista mas espero ter me saído bem. Sê feliz minha linda.


Catarina:Foste muito bem,obrigada igualmente.



-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Espero muito que tenham gostado,comentem e partilhem com os vossos amigos(as) e não se esqueçam de visitar todas as redes sociais da Catarina que vão estar aqui em baixo.



 Catarina - (Instagram) (Snapchat - cubann_a) (Youtube) (Facebook) (Blog)



Já sabem, se têm um blog ou canal de Youtube e querem ser entrevistadas por mim é só mandar um mail para - miiaisanactress@gmail.com e responderei assim que possível.


Mia Perry

You Might Also Like

16 comentários

  1. Amei a entrevista :) A Catarina e uma menina muito querida :)
    Excelente tema e ja estou a segui-la nas redes :)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  2. Adorei a entrevista, hein! Parabéns à Catarina pela auto-confiança e autoestima BEM elevada! Passei por um processo desse há quase 1 ano, me aceitei como sou. <3

    xoxo
    http://www.karolcampos.com

    ResponderEliminar
  3. QUE LEGAL A IDEIA DE FAZER A ENTREVISTA.AMAMOS A ENTREVISTA E,PRINCIPALMENTE AS FOTOS <3
    PARABÉNS PELO TRABALHO!!!

    ResponderEliminar
  4. Eu adorei a idéia, a sua entrevista foi maravilhosa! Fiquei emocionada com as respostas da Catarina e fiz por ela ter sua auto estima de volta!
    Parabéns pela iniciativa Mia! Estou encantada com tanta sensibilidade

    ResponderEliminar
  5. Adorei as perguntas e as respostas, acho que as pessoas impoem padrões que não são reais e é interessante abordar esse tema. Ninguém precisa ser extremamente magro para ser bonito o importante é se cuidar e se amar. Hoje graças a Deus esses padrões estão sendo quebrados. Verdade devemos nos aceitar e isso começa por nos mesmos , claro que não ficamos felizes com comentários maldosos mais aquilo não nos afeta tanto quando não damos tanta importância. Adorei o quadro.
    www.cacheandocommirellydarlen.com

    ResponderEliminar
  6. Eu amo ler entrevista, acho que a ideia nos aproxima um pouco mais e sempre passa uma lição e algo de bom, sempre!
    Para uma boa entrevista em minha opinião é preciso um conjunto : Boas perguntas, e boas respostas; e vc conseguiu isso, fez um vdd bate-papo e amei demais.
    Parabéns pela entrevista, para a catarina amei saber um pouco mais e fico muito feliz por ela, e para vc que realizou a mesma tão bem

    Beijinhos e muito sucesso

    ResponderEliminar
  7. Adorei a entrevista, principalmente as repostas, eu até me emocionei. Temos que nos amar do jeito que somos, magros, gordos, independente da cor ou altura. Eu sempre acabo levando uma lição com as entrevistas e assim ganhei uma hoje. Adorei as fotos, elas deixaram a publicação mais linda.
    Parabéns Catarina por ser assim tão confiante e ter uma auto estima invejável.
    https://quetal-carol.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  8. Mia, eu adorei sua entrevista com a Catarina. Essa serie de posts sobre partilha ja esta sendo muito legal! Concordo super com a mensagem que ela deixou a respeito de nos amarmos como somos, acho que isso eh o que importa. Ja estou ansiosa para ver os outros posts sobre isso. Beijos e sucesso.

    ResponderEliminar
  9. Adorei a entrevista, adorei a idéia é muito inspiradora. Essa mensagem final realmente foi maravilhosa. Devemos nos amar como somos, sim. Auto estima é tudo ❤ Parabéns pelo belo post viu, beijão!

    ResponderEliminar
  10. Nossa estou encantada com a ideia de entrevista é a primeira vez que eu leio uma em um blog, não vou negar que eu me emocionei lendo, a gente acaba tirando muito proveito e levando uma lição de vida ao ler. Achei muito interessante abordar sobre o padrão social de beleza e concordo plenamente com o que a Catarina deixou para nós. Devemos nos amar em primeiro lugar, sem nos importar com o padrão social, de fato, isso não é algo tão simples quanto parece, mas é preciso lutar e vencer todas as barreiras para se amar cada vez mais, para que assim possamos transmitir a alegria e satisfação que estamos sentido para o próximo. Parabéns Catarina fico muito feliz por você! ♥

    ResponderEliminar
  11. Muito boa a entrevista e a ideia de uma série de posts com entrevistas, realmente é partilhar conhecimento e informação. Adorei as perguntas que você fez e como é bom ver que as pessoas estão se conhecendo, se aceitando e dividindo isso para que outras possam se inspirar. Parabéns pelo post!
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Nossa! Que entrevista completa. Adorei e super apoio toda a postura dela sobre beleza e sobre as imposições da sociedade!
    Não conhecia o seu projeto e me deixou com vontade de ver mais entrevistas! Vou procurar aqui no blog.
    Ps. Adoro seu jeito de escrever com esse português de Portugal rs
    beijos e parabéns pelo projeto.

    ResponderEliminar
  13. Que legal! Acho que pra quem gosta de escrever e compartilhar as coisas a área de comunicação cai como uma luva! Achei a Catarina super carismática e sabe o que pensa! Adorei a mensagem de aceitação, devemos nos amar sempre!

    ResponderEliminar
  14. Olá!
    Gostei bastante da entrevista, principalmente porque a Catarina foi super aberta e o canal dela fala de um tema que muita gente evita falar, que é sobre o peso. E o foco dela não é emagrecer, sim ser saudável e adorei conhecer mais sobre ela. Estou aguardando mais posts do projeto.

    Loucuras ao Vento

    ResponderEliminar
  15. Obrigada pela oportunidade boneca, foi muito bom!
    Um beijoooo

    Catarina de Sousa,
    www.cubanna.com

    ResponderEliminar

Flickr Images